18 julho, 2011

Loucura... das grandes! - Travessia do México

Quantas loucuras você já fez na vida? Acredito que muitas... das mais pequenas, simples como dar um grito no meioo da rua, assim só pra relaxar - nunca fez isso?! nãooooo! Ah, então faz pra ver, você vai ganhar o dia rindo de si mesma(o) e da cara de espanto de quem estiver na rua ...rs... - como das loucuras mais grandes, como viajar o continente de bicicleta... sei lá, essa eu não faria. 
A minha maior loucura foi atravessar ilegalmente a fronteira entre México e Estados Unidos pra ficar junto do meu marido... e eu explico tudinho, a partir de agora na série "Travessia do México" ...rs... coisa de novela?! Aliás, que assitiu a novela América - eu não - pode comparar um pouco. Eu digo que é uma série porque a minha história é meio longa e contar tudo de uma vez é cansativo né... pequenas doses tornam a coisa mais gostosa ...hehehe 
Chega de enrolação!

"Morava em uma pequena cidade do Sul de Santa Catarina, tinha vinte anos e fazia dois que havia terminado um namoro longo, comecei com dezesseis (uma dó eu sei, tão novinha e tão bobinha...). Trabalhava num escritório despachante e na época não estudava, tinha trancado a universidade por falta de $$$. Saía muito com as amigas, pra horror dos pais que não me viam em casa nos finais de semana ...rs... E numa dessas saídas, num showzinho de uma banda local acabei ficando com o B (meu marido)... e foi muito bom, e isso acabou virando namoro... 
Mas uns três meses depois, ele veio me contar que estava com passagem marcada para os States, que ia tentar trabalhar e ganhar uma grana por lá, pois por aqui a coisa não andava muito boa... Eu também tinha algo pra contar pra ele - estava grávida - mas resolvi ficar quieta e esperar. *eu tinha ido doar sangue, como de costume e imaginem minha carinha quando me disseram que eu estava gravidinha?!
Contei pro B que estava grávida na semana em que ele iria viajar, pois não queria que ele desistisse de nada por causa da gravidez, aliás, nem exigi nada, apenas avisei que estava grávida... Quisesse ele assumir ou não, eu queria somente que ele soubesse. Sabe a coisa mais linda? Ele não ficou assustado nem nada, ficou feliz, me abraçou e quis sair contando para os amigos... Imagina a felicidade das famílias!!! Not really, they hate at first! 
Conversamos e ele disse que assumiria, que de lá me ajudaria e que depois de uns três anos voltaria... fiquei morando com meus pais e ele foi. Eu fiquei chorando, com medo e insegurança, imaginando como seriam esses três anos na minha pequena cidade, esperando... A primeira conversa que saiu foi de que ele teria ido pra fora pra não assumir a criança, e a partir daí vocês podem imaginar o que passei. 
Passou o tempo, gravidez muito tranquila, sem problemas dentro da barriga - porque fora a coisa fervia - nasceu uma linda e saudável menina... Liguei pra ele no momento em que ia para o hospital e ele ligou no minuto seguinte de ela ter nascido... pode ouvir por telefone o primeiro choro da filha, foi um momento especial, pois na sala de parto estava apenas eu, a equipe médica e o celular heheheh
Com o tempo, meu marido teve uma oportunidade de se legalizar nos Estados Unidos e aceitou a proposta, mas tinha um porém: ele não teria data pra voltar ao Brasil, pois como havia entrado ilegalmente no país, não poderia vir, isso siginificaria perder o processo, que era longo.
E a coisa por aqui foi ficando mais difícil pra mim... sozinha, sem saber ao certo se estávamos mesmo juntos, se ficaríamos juntos algum dia, a filha crescendo... conflitos familiares... resolvi tentar o visto pra irmos, eu e minha filha, prá lá também... negado, negado, negado! Foi então, que depois de muito pensar, resolvi tomar uma decisão!

*continua no próximo capítulo! ...rs... don't hate me please!

7 comentários:

Rosana Remor disse...

Amiga!!Que história incrível!Também conheci meu marido após o término de um namoro de 6 anos e pasme...namorei 3 meses,engravidei,casei e estamos juntos há 20 anos!!é a vida da gente dá um livro!!Aguardo o restante da sua história!! Vc já votou na minha cama?é a número 5...neste blog
http://mariaflor4.blogspot.com/
Bjs!!

Deusa disse...

OQUEEEEEEEEEEE....logo agora que estava ficando bom você vai parar...ai...meu Jesus Cristinnnn...parece novela...rsrsrsrs.
Amanhã vou viajar para casa de mamis,mas de la acompanho....Deus queira que seja uma mini serie...assim não demora...rsrsrsrs.
Até mais.
Deusa
vasinhos coloridos

Nath! disse...

oi, estou seguindo o blog retribui?? http://nathmania.blogspot.com/
bjs

Andreia Lica disse...

Olá, vim retribuir a visitae estou curiosa para saber mais dessa história.

Bjos

*..*gi arteirinha*..* disse...

Oi flor! Vim agradecer por estar seguindo meu blog e já AMEI esse cantinho. Tuuuuuuuuuudo a ver comigo...amo a vida no campo...tranquilidade e ar puro!
E com certeza vou acompanhar a série "Travessia no México"....já deixou um gostinho de quero mais viu??!! rsrs
É muito bom compartilharmos histórias de nossas vidas....eu namorei desde que me conheço por gente...aff...tive dois namoros longoooos de 5 anos cada....achei que morreria quando aconteceu o fim.....mas nossa....Deus realmente faz coisas que é muito melhor do que pedimos ou imaginamos....quando entrei na faculdade conheci meu marido....namoramos uns 4 meses, fomos morar juntos, quando estava com casamento marcado, engravidei...casei BARRIGUDA....jamais imaginaria que minha vida ia dar essa reviravolta MARAVILHOSA E ABENÇOADA!!
Miga, voltarei para saber as cenas do próximo capítulo...
*..*beijinhos*..*

Din disse...

Oi, estou seguindo, segue de volta: http://biscoitodocepordin.blogspot.com/ ?

Beijo Beijo

Tatiane disse...

Ai gente... já vi essa história antes. As diferenças: minha amiga não engravidou e não atravessou o México ilegalmente, não conseguiu o visto tbm e acabou desistindo do namorado qdo uma menina de lá ligou pra ela dizendo que o fulano já estava em outra......

Aproveite para ver também: